Governo federal realiza audiência pública para debater Plano Nacional de Políticas sobre Drogas

Cidadãos poderão sugerir propostas sobre as políticas sobre drogas para os próximos cinco anos em evento que será realizado de forma presencial e on-line no dia 29 de novembro. Informações do Ministério da Justiça

Via Smoke Buddies

Para definir as políticas públicas sobre drogas dos próximos cinco anos, o Ministério da Justiça e Segurança Pública e o Ministério da Cidadania realizam audiência pública para a sociedade discutir e contribuir com o Plano Nacional de Políticas sobre Drogas (Planad). O evento será realizado no dia 29 de novembro, de forma presencial e on-line, das 8h às 12h30.

A elaboração do Planad começou em julho de 2020, quando o Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas (Conad) aprovou a Resolução Conad nº 2/2020, que estabelece a metodologia de planejamento, monitoramento e avaliação da política sobre drogas, bem como o guia metodológico do plano.

Saiba mais: Prorrogado prazo da consulta pública para Plano Nacional de Políticas sobre Drogas

Para aqueles que quiserem acompanhar o evento, haverá transmissão, em tempo real, pelo canal oficial do Ministério, no YouTube. A proposta do Plano Nacional de Políticas sobre Drogas e a Análise Executiva da Questão das Drogas no Brasil podem ser consultadas clicando aqui.

O aviso de audiência pública está publicado na edição de terça-feira (23) do Diário Oficial da União (DOU). A audiência é organizada pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas e Gestão de Ativos (Senad). Dúvidas, esclarecimentos e pedidos de inscrição para participação presencial podem ser realizados pelo telefone (61) 2025-7245 ou pelo e-mail consultapublicaplanad@mj.gov.br.

Imagem de capa: Matthew Sichkaruk / Unsplash.

Ceará: municípios recebem projeto para tratar de política sobre drogas

Projeto do governo cearense pretende melhorar o acesso de usuários de álcool e outras drogas aos serviços ofertados pelo Estado. Informações da Ascom SPS

Via Smoke Buddies

Os municípios de Ibaretama, Banabuiú, Ocara e Alto Santo recebem, nos dias 4, 5, 11 e 31 de agosto, o projeto “Prevenção e Cuidado no CE”, uma ação de política sobre drogas, desenvolvido pela Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS) do Estado do Ceará. O projeto promoverá workshops, fóruns de debates e atendimentos itinerantes pelo Centro de Referência sobre Drogas (CRD), com ações de prevenção, orientação, apoio e cuidados para pessoas com problemas pelo uso de álcool e outras drogas, e em situação de vulnerabilidade social.

Coordenado pela Secretaria Executiva de Políticas sobre Drogas do Ceará, o projeto pretende melhorar o acesso de usuários de álcool e outras drogas aos serviços ofertados pelo Estado, estimular a formação de profissionais, estudantes e pessoas interessadas com a temática e fortalecer a integração com os municípios.

A secretária-executiva de Políticas sobre Drogas, Rachel Marques, destaca o significado do projeto às comunidades do Interior cearense. “O uso recorrente de álcool e demais drogas é uma realidade em várias cidades e nos preocupa muito. A proposta é, além de ofertar serviços, capacitar gestores públicos e pessoas que atuam com a temática e promover a criação, reativação e fortalecimento dos conselhos municipais de políticas sobre drogas, para atuarmos juntos nessa luta. Precisamos olhar esse problema para além dos centros urbanos”, defende.

O projeto “Prevenção e Cuidado no CE” será desenvolvido nesta quarta-feira (4), em Ibaretama, e na quinta (5), em Banabuiú. No dia 11 as ações chegam a Ocara, e no dia 31 a Alto Santo. A programação é semelhante nos quatro municípios. Pela manhã, a partir das 8h, será promovido o workshop Política sobre Drogas, voltado para profissionais das secretarias municipais e demais atores sociais interessados no tema.

À tarde, às 14h, prefeitos, secretários e técnicos municipais se reúnem no Fórum Social de Políticas sobre Drogas, com representantes de classe e da juventude, iniciativa privada, empreendedores e trabalhadores. Ao longo do dia, a equipe multiprofissional do CRD percorre pontos da cidade, divulgando serviços e realizando atendimentos ao público.

Veja também: Direito, cultivo, cozinha: cursos oferecem conhecimento especializado em cannabis

Imagem em destaque: Mateus Dantas | Prefeitura de Fortaleza.