Open Green

Afinal, o que é a tintura cannábica?

Além dos preparos cannábicos, as tinturas são extratos concentrados de ervas feitos pela imersão da casca, frutos, folhas (secas ou frescas) ou raízes de uma ou mais plantas, em uma base geralmente alcoólica. Saiba mais no artigo da chef Lilica 420, a seguir

As pessoas sempre ficam curiosas para saber: “O que será que a Lilica pinga na sua bebida durante as lives?”. Eu sempre respondo que é a minha infusão favorita, o extrato cannábico. Então já está na hora de escrever sobre a tintura e ensinar a fazer, então vamos lá…

A tintura é um extrato concentrado de ervas. No mundo da cannabis, isso significa que é um extrato de maconha rico em canabinoides, bastante conhecido como “Green Dragon”. Geralmente, as tinturas de cannabis são feitas de álcool, mas também podem ser feitas com glicerina para evitar os efeitos intoxicantes do álcool.

As tinturas são uma excelente forma de consumo com a redução de danos da inalação da fumaça. Na verdade, as tinturas eram a principal forma de medicamento à base de cannabis até os Estados Unidos promulgarem a proibição da cannabis em 1937.

Algumas tinturas são feitas para serem ingeridas, enquanto outras são feitas para usarmos de forma tópica na pele. A diferença está em como a tintura foi feita. Se você fizer sua tintura com alguma bebida destilada ou álcool de cereais comestível, os fins serão para ingestão oral ou alimentar. Se você utilizar álcool isopropílico ou qualquer outra base alcoólica que não seja segura para ingestão, então você está fazendo uma tintura tópica que deve ser aplicada na pele em vez de ser adicionada às receitas, drinks ou uso sublingual.

Leia também: Terpenos: o que são e como usá-los na culinária cannábica?

No mercado brasileiro há uma regulamentação que proíbe a venda de destilados com concentração alcoólica superior a 54%. Por isso, eu sempre recomendo que a tintura seja feita com álcool de cereais, se não houver restrição com relação à ingestão de álcool. O álcool de cereais possui uma graduação INPM de 93,7 a 96,9, ou seja, com ele consigo extrair o máximo de canabinoides que a planta oferece. Isso quer dizer uma tintura de melhor qualidade e concentração.

Se houver qualquer tipo de restrição quanto à ingestão alcoólica, eu sugiro utilizar a glicerina para preparar sua tintura. A glicerina é uma solução à base de plantas que é ótima para tintura. Embora a glicerina seja um ótimo veículo para tinturas, seu potencial de extração é menor que o do álcool de cereais. Portanto, é melhor fazer sua tintura com álcool e em seguida adicionar glicerina. Se quiser que a tintura de glicerina seja mais forte, você pode evaporar um pouco do álcool e adicionar glicerina em seu lugar.

Nunca se esqueça: Segurança em primeiro lugar!

preparação de tinturas envolve o uso de álcool altamente inflamável. Aqui estão algumas etapas para tornar o preparo da tintura o mais tranquilo possível:

  1. Sem chamas abertas, isso significa não fumar por perto. Mesmo uma pequena faísca pode ser suficiente para criar um grande incêndio nas condições certas;
  2. O álcool é extremamente volátil e seus vapores podem ocasionar acidentes se você estiver utilizando um fogão a gás. Para o preparo em banho-maria eu recomendo o uso de fogão ou panela elétricos;
  3. Garanta uma boa ventilação: como falei, o álcool produz vapores que podem ser facilmente inflamados quando se acumulam. Se você mantiver a área bem ventilada, a concentração de vapores inflamáveis no ar permanece baixa o suficiente para que ele não entre em combustão. Em outras palavras, certifique-se de que haja ar novo e limpo em sua área de cozimento para evitar acidentes com chamas.
  4. Mantenha um extintor de pó químico à mão: contanto que você siga as regras acima, você estará bem para fazer suas próprias tinturas com tranquilidade. No entanto, é sempre uma boa ideia estar preparado.

Como fazer a tintura?

Para preparar sua tintura você deve tomar as precauções citadas acima e fazer o preparo em banho-maria. No meu Ebook eu mostro o passo a passo e ainda te dou uma receita de balinhas de gelatina preparadas com tintura, uma excelente forma de dosar o seu consumo.

Mas você também pode escolher outra forma de preparo. A maneira mais segura é utilizando o método a frio, que deve ser feito da seguinte maneira:

  1. Adicione 10 g de maconha descarboxilada em um frasco de vidro ou pote de conservas e acrescente cerca de 300 ml de álcool no frasco. Feche bem o frasco.
  2. Coloque o frasco em um local fresco e escuro por cerca de 1 mês (se quiser pode deixar mais tempo também), lembre-se de eventualmente chacoalhar o frasco para misturar os ingredientes e potencializar a extração.
  3. As tinturas de álcool duram vários anos se forem mantidas em uma garrafa de vidro âmbar na geladeira. A coloração âmbar evita que a luz degrade os canabinoides na sua infusão. Já as de glicerina duram seis meses na geladeira.
  4. Agora é só armazenar na geladeira e bom uso!

Quais os benefícios de se utilizar a tintura cannábica?

As tinturas são uma forma muito discreta de fazer a ingestão dos canabinoides. Consumir uma tintura permite evitar o cheiro da fumaça enquanto desfruta de todos os benefícios da cannabis. Também é superfácil de levar a qualquer lugar, dentro de um pequeno frasco conta-gotas.

Se ingerida em alguma receita ou drink, os efeitos podem demorar 1 hora ou mais para aparecer. Já se for ingerida de forma sublingual, os efeitos podem ser sentidos em apenas 15 minutos.

Como faço para tomar a minha tintura cannábica?

Normalmente a tintura de cannabis é administrada de forma sublingual (colocando algumas gotas debaixo da língua). Quando tomada dessa forma, logo é absorvida pela nossa artéria carótida e distribuída na nossa corrente sanguínea. Dito isso, você sempre pode engolir a tintura em uma bebida ou comida, mas ela será absorvida mais lentamente e metabolizada pelo fígado.

Algumas pessoas comentam que sentem uma sensação de queimação embaixo da língua após algumas gotas de tintura — o álcool de alta graduação usado para fazer a tintura é o responsável por isso. Se a tintura queimar sob sua língua e você estiver procurando por uma opção diferente, pode obter uma tintura à base de glicerina ou incorporá-la a uma bebida, ou até mesmo em um pouco de mel.

É isso pessoal, espero que tenham curtido a leitura e tenho um pedido para fazer.

Leia mais:

Copa de Culinária Cannábica: o reality show que coloca maconha no prato

Foto em destaque: Lilica 420.

Leia também...

Entrar em contato
Envie um whatsapp